Região

Enxame de abelhas deixa três feridos no Oeste de SC

Duas crianças estavam no local da ocorrência

Foto: Reprodução

Um enxame de abelhas deixou três pessoas feridas na Linha Três Passos, interior do município de Paraíso, Oeste de Santa Catarina. Conforme informações do Corpo de Bombeiros o fato ocorreu por volta das 16h do último domingo (31).

LEIA TAMBÉM:


Antes do deslocamento a guarnição se equipou com as roupas de apicultor como precaução. Ao chegarem no local, não havia riscos imediatos para o atendimento, pois as vítimas já haviam sido retiradas da área onde foram atacadas e conduzidas a um local seguro.

A primeira vítima, uma criança de 10 anos, estava consciente e orientada, mas apresentava diversas picadas de abelhas pelo corpo. Ela relatava dificuldade de locomoção e, após avaliação, foi observada taquicardia, sonolência e vômitos. A criança foi colocada em uma maca de ambulância e recebeu oxigenoterapia durante o transporte até o Hospital Regional de São Miguel do Oeste (SC).

A segunda vítima, uma criança de 11 anos, também estava consciente e orientada, mas apresentava várias picadas de abelhas pelo corpo e sentia mal-estar. Após avaliação, foi observada taquicardia, sonolência e vômitos. A criança recebeu oxigenoterapia durante o transporte até o Hospital Regional, sendo necessário interromper o fornecimento de oxigênio pela metade do trajeto devido às limitações de recursos e materiais.

A terceira vítima, um homem de 42 anos, estava consciente e orientado, porém apresentava várias picadas de abelhas pelo corpo e relatava grande mal-estar. Ele apresentava sudorese, palidez, taquicardia e teve episódios de vômitos durante o transporte até o Hospital Regional. Não foi possível oferecer oxigênio devido às limitações de recursos e materiais disponíveis.

Embora todas as vítimas estivessem aparentemente estáveis, havia preocupação com o potencial desenvolvimento de reações alérgicas ou choque anafilático devido à quantidade de picadas recebidas. Portanto, as vítimas foram constantemente monitoradas durante todo o trajeto até o hospital.

Fonte: ClicRDC

Voltar

Precisamos utilizar cookies para coletar informações sobre sua navegação em nosso site e melhorar sua experiência. Visite nossa Página de Cookies para mais informações. Você aceita o uso de cookies?

Acompanhe nas redes