Região

Escola de Cunha Porã montará laboratório de ciências com valores recebidos do PJSC

No total, seis entidades do município foram beneficiadas com recursos provenientes de penas pecuniárias, resultando em um montante distribuído de mais de 75 mil reais.

Foto: Divulgação/Comarca de Cunha Porã

O juiz Rodrigo Francisco Cozer, da Vara Única da comarca de Cunha Porã, no Extremo Oeste, recebeu representantes das seis entidades sociais atuantes no município para assinatura de convênios relativos à contemplação com valores de penas pecuniárias. A partir da iniciativa, Cunha Porã vai ter escola com laboratório de ciências, outra com sistema de videomonitoramento e até trilha para cicloturismo. No total, foram distribuídos R$ 75.081,08.

LEIA TAMBÉM:


A Escola Número Um foi beneficiada com R$ 15.973 para aquisição de móveis e materiais de laboratório de ciências. Já a Escola Básica Tiradentes vai ficar mais segura com DVR, HD, fonte, câmeras, plugs, cabos, conectores, mão de obra e caixas plásticas - materiais necessários para o circuito interno de videomonitoramento. O projeto inscrito solicitou R$ 17.859.

Um projeto que chamou a atenção da comissão avaliadora foi proposto pela Associação Pedal Cunha Porã. A ideia é adquirir uma roçadeira e 70 placas de ACM para abrir e orientar uma trilha de cicloturismo. O projeto foi atendido parcialmente com o montante de R$ 4.599,08.

A Associação Comunitária de Bombeiros é beneficiada há anos devido à importante prestação de serviço à comunidade. Em 2021, a equipe usou verbas do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) para aquisição de um desfibrilador e de um cortador elétrico para resgates veiculares. Agora, com os R$ 13.160 recebidos, conseguirá comprar equipamentos de segurança individual, como camisas e calças utilizadas no combate a incêndios.

A ONG Cão Paixão teve aprovada a liberação de R$ 12.900. Assim, será possível garantir 1.560 quilos de ração para cães e 220 quilos de ração para gatos. E as crianças da Associação Taekwondo Olímpico Cunha Porã já utilizam materiais novos em suas práticas, possibilitados pelos R$ 10.590 repassados pelo PJSC.

O edital deste ano teve 17 inscritos, dos quais 15 estavam aptos ao certame. Porém, o valor disponível no momento permitiu o benefício às seis entidades citadas (Processo n. 5000282-41.2023.8.24.0021). 

Fonte: TJSC

Voltar

Precisamos utilizar cookies para coletar informações sobre sua navegação em nosso site e melhorar sua experiência. Visite nossa Página de Cookies para mais informações. Você aceita o uso de cookies?

Acompanhe nas redes