Policial

Caso de Idosa encontrada morta em loja com sinais de violência no centro de Pinhalzinho é tratado como latrocínio

A idosa foi identificada como Olivia Steffens, de 85 anos

Foto: Gionei Argenta / NOVA FM / WH Comunicações

Foi identificada como Olivia Steffens, de 85 anos, a idosa que foi agredida até a morte, em uma loja localizada na avenida Brasília, na área central de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, acionado para realizar o atendimento da vítima, o fato aconteceu por volta das 8h40, desta terça-feira (02). 

LEIA TAMBÉM:

 


A loja da vítima estava revirada e a principal suspeita da Polícia Civil é de latrocínio. Até o momento ninguém foi preso.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Lucas Almeida, a principal linha de investigação é que houve um latrocínio. Câmeras de vigilância mostram um homem de capuz nas proximidades do estabelecimento comercial, porém até o momento o suspeito não foi identificado.

As equipes estão em diligências afim de elucidar o caso.

O caso:

Uma idosa foi encontrada morta no amanhecer desta terça-feira (02) na Avenida Brasília centro de Pinhalzinho. Conforme os bombeiros, os mesmos foram acionados, por volta das 08h40, para atender a ocorrência envolvendo uma idosa de 85 anos, a qual estava inconsciente, com ausência dos sinais vitais. Ainda a vítima apresentava várias fraturas no queixo e face, apresentou hemorragia pela boca e nariz.

Os bombeiros ainda declaram que encontraram a vítima dentro da loja com várias gavetas abertas, e que poderia ser suspeita de assalto.

Fonte: Marcos de Lima / Rádio 103 FM com informações da Polícia Civil

 

Voltar

Precisamos utilizar cookies para coletar informações sobre sua navegação em nosso site e melhorar sua experiência. Visite nossa Página de Cookies para mais informações. Você aceita o uso de cookies?

Acompanhe nas redes